Ação

Pesquisas para o aprimoramento contínuo da qualidade dos pintos

15 de julho de 2016
PhD Conny Maatjens

A fim de aprimorar continuamente a qualidade dos pintos, a HatchTech investe tempo e esforços substanciais na pesquisa científica. Nesse contexto, os projetos de doutorado são atividades de pesquisa importantes e extremamente valiosas. Recentemente, outro projeto de doutorado financiado pela HatchTech foi completado com êxito.

Na sexta-feira, dia 8 de julho, a Dra. Conny Maatjens defendeu com sucesso a sua tese intitulada “Efeitos da temperatura e do CO2 durante o final da incubação sobre o desenvolvimento inicial dos frangos”, na Universidade de Wageningen, na Holanda.

A Dra. Conny Maatjens estudou os efeitos de temperaturas da casca do ovo (TCO) reduzidas na semana final de incubação, comparadas à TCO atualmente considerada ideal (37,8°C). O estudo chegou à surpreendente conclusão de que TCOs de 35,6°C e 36,7°C resultaram em melhorias no desenvolvimento do embrião, crescimento dos órgãos e desempenho de crescimento na primeira semana após a eclosão. Pesquisas adicionais vão indicar se esses efeitos também vão refletir em melhorias nas fases posteriores da vida.

Empreender pesquisas para continuamente aprimorar a qualidade dos pintos, e a cadeia da avicultura como um todo, é um processo contínuo. A HatchTech recentemente custeou a indicação de dois novos alunos de doutorado da Universidade de Wageningen, que estão pesquisando dois outros tópicos relevantes de incubação.

Leia mais sobre a Equipe de Pesquisa da HatchTech.

Visite a Biblioteca de Pesquisa.

Read more

Todas as notícias